Gravidez

A placenta prévia

A placenta prévia



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Às vezes, a placenta não se encaixa corretamente na cavidade uterina. Essa anomalia, placenta prévia, não impede a continuação da gravidez, mas requer maior vigilância e algumas medidas de precaução. As explicações do nosso especialista.

Para que serve a placenta?

  • Plataforma de troca real, a placenta permite a circulação de sangue, oxigênio, nutrientes e certos hormônios entre seu corpo e o de seu futuro bebê. Um verdadeiro anjo da guarda que ajuda a nutrir e oxigenar seu filho e que também sabe como parar certos vírus e bactérias.

O que acontece em caso de placenta prévia?

  • Normalmente, a placenta se aloja no topo, na parte inferior da cavidade uterina, mas às vezes ele vai caber lá embaixo. Esse distúrbio de inserção, placenta prévia, aumenta o risco de sangramento e sangramento. Pode levar a má circulação sanguínea e baixa oxigenação do bebê e causar sofrimento fetal. É por isso que a placenta prévia requer maior monitoramento da gravidez.

Como ele é diagnosticado?

  • Durante o segundo trimestre de ultra-som, Em cerca de 22 semanas de amenorréia, a localização da placenta é sistematicamente verificada para garantir que a placenta esteja bem inserida. É nesse ponto que a placenta prévia pode ser detectada. No entanto, a perda de sangue em uma mulher grávida antes dessa ecografia do 5º mês, pode indicar a presença dessa anormalidade. Nesse caso, será verificado por ultrassom que se trata de placenta prévia ou não.

1 2